Busca rápida


Conteúdo elaborado, autores seletos e qualidade editorial compõem o catálogo de livros didáticos da Escala Educacional, com mais de 800 títulos à sua escolha!

Assessoria Pedagógica

Datas Comemorativas


Clique abaixo para a lista das datas comemorativas do mês:




  • Dia 1
    Início da Semana da pátria
    Dia da Educação Física
    No Brasil, historicamente falando, consideram que desde o período da colonização a educação física era praticada em nossas terras. Em 1851, através da lei nº 630, que a ginástica foi incluída nos currículos das escolas primárias e secundárias, onde eram praticadas quatro vezes por semana.
    Na década de oitenta, após o período da ditadura militar, a prática de esportes passou a ser vista de forma mais ampla, formando-se os primeiros grupos profissionais. Para isso, eram necessárias empresas que patrocinassem os atletas e a manutenção dos times e equipes. Foram os primeiros passos para iniciar as formações esportivas de qualidade no país, de onde colhemos os frutos plantados por longos anos, obtendo grandes conquistas para o país em campeonatos mundiais.

    Sugestões de leitura: O esporte e Olê, Olê, Olá! - conversando sobre torcidas esportivas.

    Dia do Caixeiro Viajante
    Publicação da lei nº 5770 que dispõe a forma e apresentação dos símbolos nacionais (1971)
  • Dia 2
    Dia do Florista
    Dia do Repórter Fotográfico
  • Dia 3
    Chegada ao Brasil de Da. Tereza Cristina Maria de Bourbon, noiva de D. Pedro II (1843)
    Dia da Polícia Militar
    Dia das Organizações Populares
    Dia do Biólogo
    Dia do Guarda Civil
    Expulsão dos jesuítas do Brasil e de todos os territórios portugueses (1759)
  • Dia 4
    Dia da lei Eusébio de Queiroz, proibindo o tráfico de escravos (1850) Nascimento do padre José Joaquim de Campos da Costa Medeiros e Albuquerque, autor da letra do Hino da Proclamação da República (1867)
  • Dia 5
    Dia da Amazônia
    Criação da província do Amazonas, com o nome de São José do Rio Negro (1850)
    Dia da Juventude
    Dia do Oficial de Farmácia
  • Dia 6
    Dia do Alfaiate
    Dia do Barbeiro
    Dia do Cabeleireiro
    Dia do Hino Nacional
    Oficialização do Hino Nacional Brasileiro, de autoria de Joaquim Osório Duque Estrada (1922)
  • Dia 7
    Dia da Independência do Brasil 

    Denomina-se Independência do Brasil o processo que culminou com a emancipação política desse país do reino de Portugal, no início do século XIX. Oficialmente, a data comemorada é a de 7 de setembro de 1822, quando ocorreu o episódio do chamado "Grito do Ipiranga". De acordo com a história, nesta data, às margens do riacho Ipiranga (atual cidade de São Paulo), o Príncipe Regente D. Pedro bradou perante a sua comitiva: Independência ou Morte!.

    Primeira emissão de rádio no Brasil (1922)

  • Dia 8
    Dia Internacional da Alfabetização  
    Dia da Dedicação
    Dia da Pátria de Andorra
    Padroeira da cidade de Curitiba (PR) - Nossa Senhora da Luz dos Pinhais
    Padroeira da cidade de Santos (SP) - Nossa Senhora do Monte Serrat
  • Dia 9
    Dia do Administrador de Empresas
    Dia do Técnico de Administração
    Dia do Veterinário
    Dia da Velocidade
    Nascimento de Leopoldo Américo Miguez, autor da música do Hino da Proclamação da República (1850)
    Nascimento do educador Abílio César Borges, barão de Macaúbas (1824)
    Posse de João Belchior Marques Goulart, presidente do Brasil (1961)
    Primeiro recenseamento da população do Brasil (1870)
  • Dia 10
    Dia Nacional da Seresta
    Dia da Imprensa
    Publicação do jornal Imprensa Régia, primeiro jornal brasileiro (1808)
  • Dia 11
    Dia da Defesa do Consumidor
    O Código de Defesa do Consumidor comemora 16 anos de existência no dia 11 de setembro. Continua atual e é considerado o instrumento legal mais eficiente já criado no Brasil para a proteção do cidadão contra os abusos do poder econômico. Hoje, o Código serve de base e orientação para a ação de vários órgãos e entidades que atuam na área.
    A Lei foi publicada no dia 11 de setembro de 1990, depois de debates que envolveram o setor produtivo, órgãos públicos e o movimento de defesa do consumidor, além da classe política. Seis meses depois, o Código entrou em vigência. Na época, o prazo foi estabelecido para que a indústria se adaptasse às novas regras.
    A edição de um código voltado especificamente para os direitos dos consumidores é uma das garantias fundamentais dos cidadãos, prevista na Constituição Federal de 1988. Até então, só existiam leis sobre setores ou relações de consumo específicas, como a Lei do Inquilinato, editada em 1979, que estabeleceu regras para o reajuste de aluguel e para situações de inadimplência.
    Considerado uma das leis de defesa do consumidor mais modernas do mundo, o Código é formado por regras gerais que podem ser aplicadas em diversas situações de consumo. Na esfera pública atuam o DPDC, Procons, defensorias públicas, juizados especiais, promotorias e delegacias de defesa do consumidor. Há ainda um grande número de entidades civis que atuam na área. O Código também é aplicado nas decisões do Judiciário.

    Sugestão de leitura: Eu preciso tanto!

    Atentados terroristas contra os Estados Unidos (2001)
    Chegada de D. Pedro II a Uruguaiana (RS), durante os conflitos da Guerra do Paraguai (1865)
  • Dia 12
    Criação dos territórios do Amapá, Rio Branco, Ponta-Porã, Iguaçu e Guaporé (1943)
    Dia Nacional da Recreação
    Dia do Operador de Rastreamento
    Nascimento dos escritor Álvares de Azevedo (1831)
  • Dia 13
    Dia do Agrônomo
  • Dia 14
    Dia da Cruz
    Dia do Frevo
    Eleição dos deputados da Assembleia Constituinte (1890)
    Morte do poeta Raimundo Correia (1911)
  • Dia 16
    Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio
    Criação da capitania de Alagoas (1817)
    Morte do compositor Antônio Carlos Gomes (1896)
  • Dia 17
    Dia da Compreensão Mundial
    Dia Nacional do Cego
    Nascimento do engenheiro Paulo de Frontin (1860)
  • Dia 18
    Dia dos Símbolos Nacionais
    Criação do Escudo Real do Brasil Império, por D. Pedro I (1822)
    Dia da publicação da 5ª Constituição da República (1946)
    Dia da Televisão
    Dia do Perdão
    Rendição das forças paraguaias em Uruguaiana (RS) (1865)
  • Dia 19
    Dia do Teatro
    Dia da Escola Bíblica
    Dia de São Geraldo
  • Dia 20
    Criação da Casa da Moeda por carta régia (1703)
    Dia do Funcionário Municipal
    Dia do Gaúcho
    Dia Mundial da Limpeza de Praias
    Início da Guerra dos Farrapos (1835)
  • Dia 21
    Dia da Árvore
    Dia Nacional do Portador de Deficiência
    Dia da Agricultura
    Dia do Fazendeiro
    Dia do Radialista
    Dia Internacional da Paz
    Aclamação de D. Pedro I pelo Senado e pela Câmara como Imperador Constitucional do Brasil (1822)
  • Dia 22
    Dia da Juventude no Brasil
    Derrota das tropas aliadas em Curupaiti, durante a Guerra do Paraguai (1866)
    Dia da Banana
    Dia da Defesa da Fauna
    Dia do Contador
    Dia do Técnico Agropecuário
    Nascimento do compositor padre José Maurício (1767)
  • Dia 23
    Aprovação do texto da 8ª Constituição do Brasil (1988)
    Dia da União da Arábia Saudita
    Início da Primavera
    Nascimento de Bento Gonçalves, chefe da Revolução Farroupilha (1788)
  • Dia 24
    Dia do Soldador
    Dia Mundial do Coração
    Inauguração do primeiro metrô brasileiro em São Paulo, com 17 km de extensão (1975)
    Morte de D. Pedro I, no palácio de Queluz, Lisboa (1834)
    Nascimento da escritora Júlia de Almeida (1862)
  • Dia 25
    Dia do Rádio
    Dia Nacional do Trânsito
    De acordo com o artigo primeiro, § 1º da lei de trânsito em vigor no Brasil, “Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.”
    O trânsito é importante para a economia de um país, por interligar produções industriais ou naturais aos consumidores, através dos meios de transporte. Além disso, proporcionando o fluxo de pessoas para o trabalho, escola, médico, diversão, etc. Pode ser dividido de acordo com as vias que utiliza, sendo terrestres, aéreas ou marítimas, todos controlados por uma legislação específica.
    No trânsito, existem os órgãos especiais, que são responsáveis pelos diferentes setores, como: secretarias municipais de trânsito; DETRAN, COTRAN, etc., que são responsáveis pela sinalização e pela manutenção das condições de uso das vias públicas. As sinalizações de trânsito são universais, adotando-se a mesma simbologia em todo o mundo, a fim de auxiliar os motoristas em suas viagens.
    Nas vias terrestres de todo o território nacional, o tráfego é regulamentado pela Lei nº 9.503, que implantou o novo Código Nacional de Trânsito, entrando em vigor a partir de 1997. Antes disso, as leis de trânsito estavam muito frouxas, pois o Código utilizado era de 1966, que já estava ultrapassado.
    Devido ao aumento do número de carros, adquiridos pela população, passamos a enfrentar grandes movimentações nas cidades. Por ter uma lei que não punia casos graves de imprudência no trânsito, muitos motoristas adotaram um estilo violento de dirigir, causando sérios problemas, chegando a causar acidentes graves e mortes.
    Com a adoção da nova lei as normas ficaram mais rígidas, exigindo-se uma postura mais ética do motorista, além de determinar fiscalização rigorosa no veículo – no ato do licenciamento do mesmo. Outro artigo importante da lei é quanto à aplicação de multas, com o sistema de pontuação na carteira do motorista, em consequência ao número de multas levadas.
    A pontuação varia de acordo com o tipo de multa: quanto mais grave for a infração, maior o número de pontos ganhos. Com isso, o motorista que somar 20 pontos terá sua carteira apreendida, tendo que passar por um curso de educação para o trânsito, com orientação sobre segurança e manutenção da qualidade no trânsito.
    São várias as infrações, mas as consideradas mais graves são: dirigir sem a carteira de habilitação, dirigir com velocidade excessiva à determinada, dirigir após o consumo de bebida alcoólica, todas consideradas gravíssimas. Além dessas, as infrações também são classificadas em graves, médias e leves, tendo cada uma a pontuação específica.
    Segundo a Lei, a educação para o trânsito deve ser adotada nas escolas, desde as séries iniciais, a educação infantil, transcorrendo pelo ensino fundamental, ensino médio e ensino superior, a fim de educar os cidadãos fazendo-se um trabalho de conscientização dos mesmos. Sugestão de leitura: Sinal vermelho para o desrespeito - conversando sobre trânsito
  • Dia 26
    Dia Internacional das Relações Públicas
    Dia Nacional do Surdo
  • Dia 27
    Dia Nacional do Idoso
    Dia de Cosme e Damião
    Dia da Música Popular Brasileira
    Dia do Cantor
    Dia do Encanador
    Dia Mundial do Turismo
    Chegada à Curitiba de D. José de Camargo Barros, primeiro bispo do Paraná (1894)
  • Dia 28
    Dia da Lei do Ventre Livre
    Dia da Lei dos Sexagenários (1885)
    Divisão do Brasil em capitanias hereditárias, pelo rei D. João III (1532)
  • Dia 29
    Aniversário do município de Zortéa
    Dia do Anunciante
    Dia do Petróleo
    Dia do Policial
    Morte do escritor Machado de Assis (1908)
    Nascimento do almirante Barroso (1804)
    Nascimento do pintor Cândido Portinari (1903)
  • Dia 30
    Impeachment de Fernando Afonso Collor de Melo, ex-presidente do Brasil (1992)
    Dia da Bíblia
    Dia da Navegação
    Dia da Secretária
    Dia do Diário Oficial
    Dia do Jornaleiro
    Dia do Tuberculoso
    Dia Mundial do Tradutor